Site Lento: O Que Fazer? 4 Dicas que irão te ajudar

Site Lento: O Que Fazer? 4 Dicas que irão te ajudar

Se você está aprendendo sobre as melhores técnicas para montar um site, talvez já saiba que um site lento é um fator que causa grande impacto nos acessos.

E é claro que não para por aí, afinal, um site rápido tem impacto direto na experiência do internauta, o que vai ser fundamental para ele passar mais tempo na sua página e ter mais interações com os recursos que ela oferece.

Neste texto, iremos falar sobre as ferramentas que estão ao seu alcance para melhorar a performance do seu site e melhorar a experiência do seu visitante.

Como Saber Se o Meu Site Está Lento?

Existem algumas ferramentas que podem te ajudar a saber se o seu site está lento. Uma delas é o Website Grader, que oferece um bom panorama sobre isso.

Quem quiser também pode usar a PageSpeeed Insights, que é desenvolvida pelo próprio Google e também é bem criteriosa.

Independente da ferramenta que você escolher, opte sempre por alguma que aponte onde estão os problemas que geram lentidão no seu site.

Não se esqueça de que o ranqueamento do seu site está ligado a este fator, portanto, não deixe de dar atenção a este assunto.

O ideal é que o carregamento não demore mais do que três segundos, pois isso pode resultar em uma taxa de desistência que gira em torno de 40% e, a cada segundo excedente, essa probabilidade aumenta em 10%.

Agora que você já sabe como identificar a lentidão, vamos falar sobre o que pode deixar a sua página mais rápida.

Como Melhorar a Velocidade de um Site Lento?

1- Atenção ao tamanho das imagens

As imagens costumam ser um dos problemas mais recorrentes no que diz respeito a um site lento.

Isso acontece porque este é um dos recursos usados com mais frequência, por isso, a qualidade delas precisa ser boa para impressionar quem está acessando a página.

No entanto, imagens muito grandes também deixando o carregamento do site lento, o que impacta negativamente na qualidade do acesso.

Verifique, antes de qualquer coisa, qual é o tamanho necessário para cada espaço do seu site para evitar colocar imagens maiores do que o necessário.

Outra coisa importante é o formato utilizado. Embora o JPG tenha uma qualidade um pouco menor, em muitos casos pode ser uma opção melhor do que o PNG.

Atualmente, há outros formatos de compressão de imagens mais modernos, como o WebP e AVIF, que também podem oferecer soluções para alguns sites.

2- Utilize o cache dos navegadores

Ao aproveitar os caches dos navegadores, você pode armazenar os arquivos do site em pastas que ficam salvas no servidor que hospeda a sua página.

Isso evitará que o navegador baixe o conteúdo do site a cada novo acesso, impedindo que o tempo de carregamento aumente e deixando todo o processo ainda mais rápido.

Este recurso é um pouco mais técnico do que o primeiro e talvez você precise de profissionais para te auxiliarem nesse processo.

3- Remova códigos desnecessários

Você talvez já tenha instalado diferentes recursos em seu site para utilizar em serviços que já foram feitos, mas não os usou novamente.

O problema é que esses recursos podem gerar problemas de carregamento no seu site, pois a navegação do visitante pode estar requisitando esses códigos.

Dê uma boa olhada em seu site e avalie se há algum recurso que não está mais sendo utilizado. Isso poderá dar um ganho enorme para a velocidade de carregamento da sua página.

4- Compacte o máximo de recursos possível

Recursos como JavaScript, HTML e CSS podem ter o seu código otimizado, deixando o site mais leve e fazendo com que o navegador carregue as páginas mais rapidamente.

Se você usa o WordPress, uma ferramenta que pode te auxiliar nessa tarefa é o Autoptimize, que permite fazer esse tipo de otimização.

Conclusão

Uma página lenta impacta diretamente em seu rankeamento no Google e pode comprometer a qualidade do site da empresa.

Fique atento às imagens, plugins e códigos e busque compactar ou retirar aquilo que não é necessário para a operação.

Se o seu site não apresenta nenhum dos problemas citados, ou você quer fazer algum questionamento sobre este assunto, não deixe de falar com a nossa equipe clicando aqui.

Temos várias outras soluções para o seu site e podemos te orientar neste assunto.

Links Para Leitura

Compartilhar: