Google Ads: Como Funciona

Google Ads: Como Funciona

O Google Ads é a plataforma de anúncios do Google, na qual as empresas podem criar anúncios de pesquisas do mecanismo, de display, Youtube, PlayStore e até no Gmail.

Por englobar tantos recursos diferentes, é preciso ter bons métodos para utilizar este recurso, afinal, cada um precisa de uma estratégia diferente.

Portanto, além de sua operação demandar diferentes métodos, há uma série de boas práticas que precisam ser adotadas em suas estratégias de marketing.

A seguir, iremos falar mais sobre o Google Ads, como funciona e com ele pode ajudar o seu negócio

Google Ads: Como Funciona e o Que é

O Google Ads surgiu com o nome de Google Adwords, no ano 2000, e foi criado para que as empresas tivessem a oportunidade de divulgar os seus produtos na plataforma de busca.

De lá pra cá, esta ferramenta passou por diversas atualizações e foi incorporada aos outros aplicativos e sites que pertencem ao Google.

Hoje, você pode ver um anúncio feito no Google Ads enquanto assiste um vídeo no Youtube, faz uma pesquisa no Google ou baixa um aplicativo na PlayStore.

Você já deve ter notado que este mecanismo é muito complexo, afinal, além de estarmos falando de marketing para recursos tão distintos, os anúncios também aparecem tanto no desktop quanto no mobile.

Isso garante muitas visualizações aos anúncios e é por esta razão que, quando se fala de presença digital, muitas empresas investem no Google Ads.

E a publicidade é o principal negócio do Google, que chegou a faturar 62 bilhões de dólares em 2023 apenas com anúncios em seu buscador.

Quais são as vantagens do Google Ads

Alcance

Você já deve imaginar o potencial que uma campanha no Google pode oferecer, afinal, trata-se de um mecanismo de busca extremamente popular.

E isso não é apenas uma impressão, é também algo comprovado por estatísticas: o Google detém 91,7% do mercado global de pesquisas online.

Estamos falando de um fluxo de buscas extremamente alto, ou seja, é uma oportunidade incrível para alcançar consumidores em potencial e reforçar a presença digital da marca.

Segmentação

Tão importante quanto alcançar muitas pessoas, é a opção de poder segmentar a audiência do anúncio e obter um público qualificado.

Ao fazer isso, você consegue exibir a sua marca para clientes que estão buscando coisas relacionadas, o que, na prática, aumenta a chance de se interessarem pelo que está sendo anunciado.

Entre as segmentações que o Google Ads permite fazer, nós podemos destacar:

  • Palavras-chave: São recursos para que os usuários do Google encontrem anúncios de sua marca fazendo pesquisas pela palavra-chave que você selecionou ou por termos relacionados a ela.
  • Segmentação por tópicos: Você pode selecionar um tópico específico para o seu anúncio para que ele seja exibido em sites sobre o assunto.
  • Segmentação por canais: Lembra que falamos que o Google Ads pode ser utilizado em várias plataformas que pertencem ao Google? Pois é, você também pode escolher em quais delas seu anúncio será exibido.
  • Público-alvo: A segmentação de público-alvo é feita com base em dados demográficos, como sexo e idade, e isso ajudará a empresa a encontrar o cliente que pretende atingir, mesmo que eles não estejam navegando em sites ou plataformas relacionadas ao tema da empresa anunciante.
  • Local de exibição do anúncio: Outra vantagem do Google Ads é a possibilidade de exibir anúncios em determinados sites ou nos mecanismos de pesquisa.
  • Local e idioma: Não seria uma segmentação completa sem usar a localização e o idioma dos usuários, que são dois dos fatores mais importantes para definir um público-alvo.
  • Programação dos anúncios: Os anúncios podem ser exibidos em um período pré-determinado e a frequência com a qual serão exibidos também pode ser controlada na hora de criá-los no Google Ads. 
  • Segmentação por Dispositivos: Para concluir, você também pode optar entre o mobile e o desktop para selecionar em quais dispositivos o seu anúncio irá aparecer.
ecommerce
Google Ads: Como Funciona 2

Planejamento financeiro

As campanhas no Google Ads são altamente personalizáveis, o que também pode ajudar no controle de gastos com uma campanha.

Temos quatro bons exemplos de cobranças personalizáveis: 

  • Cobrança por cliques (CPC);
  • Cobrança a cada 1000 impressões (CPM);
  • Cobrança pelo número aquisições ou conversões (CPA);
  • Cobrança por visualização para vídeos, caso a pessoa assista a mais de 30 segundos ou clique em algum CTA.

Isso é possível porque todos os resultados oferecidos pelo Google Ads são mensuráveis, o que possibilita certificar quantas visualizações, impressões e até conversões foram feitas com os anúncios.

Outra vantagem da plataforma é que ela mostra dados sobre o retorno do investimento realizado.

Isso irá te proporcionar um alto controle sobre os gastos e ajudará a avaliar o lucro obtido com sua campanha digital.

Como criar uma conta no Google Ads em 6 passos

Antes de qualquer coisa, para criar uma campanha no Google Ads, você precisará ter um CNPJ, e-mail e um cartão de crédito, que será usado para informar os dados do pagamento.

  1. Vá ao site https://ads.google.com ;
  2. Clique em “começar agora”;
  3. Digite o e-mail que você quer vincular à sua conta;
  4. Clique em “continuar” e confira a configuração guiada, para você saber tudo que é preciso para operar sua conta;
  5. Preencha os dados requisitados sobre sua empresa, campanha e forma de pagamento;
  6. Caso queira, é possível criar uma primeira campanha como forma de teste.

Como anunciar no Google Ads

Após criar sua conta, você deverá criar seu anúncio concluindo as seguintes etapas.

Defina seu objetivo

O Google Ads quer saber se você quer:

  • Gerar mais chamadas;
  • Gerar mais inscrições ou vendas pelo site;
  • Gerar mais visitas à loja física;
  • Aumentar o reconhecimento da marca com exibições de vídeo.

Escreva o texto do seu anúncio

Um bom texto para o Google Ads deve destacar o diferencial da empresa, aquilo que mais chama a atenção dos clientes.

Você pode utilizar técnicas persuasivas para falar dos seus produtos e serviços mais procurados ou destacar os seus descontos, por exemplo.

Não se esqueça de que o seu texto deve ter ligação com a palavra-chave que você está utilizando, pois isso terá impacto direto sobre o desempenho da sua campanha.

Lembre-se também de utilizar chamadas para ação como “clique aqui”, “veja mais”, “saiba mais” outras que convidem o cliente em potencial a tomar uma decisão.

Certifique-se de que a página de destino esteja relacionada com o que você está anunciando no seu texto, afinal, se o cliente em potencial acessar seu site e não achar o que procura, ele pode acabar desistindo.

Selecione sua palavra-chave

O Google irá sugerir algumas palavras-chave, mas o ideal é que você faça a sua pesquisa para identificar quais termos são os mais utilizados e o nível de concorrência que eles possuem.

Para fazer isso, você pode usar o próprio Keyword Planner do Google para encontrar as melhores opções para o seu anúncio.

Defina as localidades onde o anúncio será exibido

Determine as localidades onde o anúncio será exibido com base nas áreas de atuação da sua empresa ou regiões que oferecem boas alternativas de leads qualificados.

Defina um orçamento que você tem disponível

O Google sugere um orçamento, mas o ideal é que você preencha de acordo com os recursos que a sua empresa possui.

Ao terminar todas as etapas, revise a sua campanha e preencha a forma de pagamento.

Conte com assistência para alavancar seus resultados no Google Ads!

Se você está querendo usar o Google Ads, mas não sabe como fazer sua campanha alcançar bons resultados, conte com a ajuda da StartSite.

Nós contamos com uma equipe especializada para ajudar a desenvolver a sua campanha, monitorar os resultados e ajudar a expandir a sua marca na web.

Clique aqui e fale agora mesmo conosco, conheça nossas soluções para o seu negócio.

Links Para Leitura

Compartilhar: